“Chocolate! Chocolate! Eu só quero chocolate…”

Por Redação em 2 de abril de 2015

O consagrado Tim Maia já fazia esta ode a um dos sabores que mais seduz o paladar, e todo ano torna-se o protagonista quando chega a Páscoa. Data originalmente vinculada às religiões, os cristãos celebram o renascimento de Jesus Cristo; já na liturgia judaica é festa anual de libertação do cativeiro no Egito. Mas, no mundo contemporâneo, a tradição ganhou mais este elemento: chocolate.

A data se tornou um grande pretexto para consumi-lo com euforia – e alforria, para muitos! Quem está de regime, abre exceção. Tem alergia? Consuma os ovos feitos com substâncias alternativas, como o alfarroba. É diabético? Existem as versões sem açúcar. As opções são cada vez maiores.

Quem fala sobre o assunto com propriedade é a empresária Ana Luiza Soares. Proprietária de uma brigaderia em Goiânia, diz que esta é a melhor data para o seu negócio. Para surpreender seus clientes, desenvolveu versões com recheio de morango, o ovo com sabor de bem-casado e o especial, feito de bolo de cenoura, além dos sabores tradicionais como o brigadeiro de colher.  Vai um chocolatinho, aí?

Mas, por que o chocolate conquista tantos os paladares ao redor do mundo? Pesquisas científicas apontam que o chocolate contém substâncias que estimulam a produção de serotonina – neurotransmissor que estimula parte do cérebro responsável pelo prazer e bem estar. Estudos não conclusivos dizem que consumido em pequenas quantidades, o chocolate tem características antioxidantes e podem colaborar com a redução dos riscos de doenças cardíacas ou acidentes vasculares cerebral (infarte).

História

O Brasil está entre os maiores produtores de chocolate da América Latina e de consumidores de chocolate em todo o mundo. O fruto que originou o doce encontrou no país, as condições ideais do clima ameno para o seu cultivo.

Mas a sua origem remonta a tempos bem mais antigos. Relatos informam que a civilização Olmeca, que foram os ascendentes dos mexicanos e guatemaltecos, já o consumiam por volta de 1500 antes de Cristo, com regularidade.
Os Astecas e Maias, que viveram por volta de 250 depois de Cristo,  desenvolveram o costumes de beber o chocolate em cerimônias religiosas.  Diferente do sabor que se têm hoje, a iguaria era misturada com pimenta, fermentado com base de milho e especiarias,  o cacau torrado era servido também com mel. A bebida era servida somente aos nobres.

Com a Revolução Industrial, o desenvolvimento de máquinas propiciou a produção em massa, e fez com que o chocolate ser tornasse mais acessível. A partir de 1847, se popularizou em Londres. Mas a mistura que conquistou o paladar de brasileiros e estrangeiros, à base cacau moído com manteiga de cacau e açúcar, só foi desenvolvida alguns anos depois pelos suíços.

E por falar em chocolate, a City Soluções Urbanas neste momento de confraternização, seja pelo forte ligação do povo brasileiro com a simbologia religiosa ou pelo sabor que tomou o gosto popular, deseja a todos uma Páscoa recheada de amor.

TAGS

CADASTRE-SE E receba conteúdos exclusivos.

Por favor! Informe o seu nome.
Por favor! Informe o seu e-mail.

Ao prosseguir, você concoda com nossa Política de Privacidade.

URBAN JUNGLE, A TENDÊNCIA QUE VAI DAR MAIS VIDA PARA A SUA DECORAÇÃO

8 de janeiro de 2021

Os projetos de decoração e de construção dos ambientes internos dos lares se tornaram espelho da personalidade dos moradores, não é mesmo? Mais do que isso, o planejamento de um projeto de arquitetura residencial busca não apenas atender às demandas de espaço, mas também, proporcionar ambientes que provoquem sensações de bem-estar para os moradores. A…

KOSUSHI MIAMI: O MELHOR DA CULTURA ANCESTRAL E CONTEMPORÂNEA DO JAPÃO, CRIADA NO BRASIL, ATERRISA EM MIAMI.

8 de abril de 2020

O MELHOR DA CULTURA ANCESTRAL E CONTEMPORÂNEA DO JAPÃO, CRIADA NO BRASIL, ATERRISA EM MIAMI. A colônia de imigrantes e descendentes de japoneses de São Paulo é uma das maiores do mundo. Por isso, opções e experiências não faltam quando o assunto é a comida nipônica, que aos poucos ganhou toques brasileiros para conquistar ainda…

MORADA MÁGICA

2 de abril de 2020

MORADA MÁGICA Para um casal que vive na ponte aérea   O clássico e o contemporâneo mesclam-se neste projeto de Victor Tomé, no City Vogue Praça do Sol, para um casal que gosta de receber a família e os amigos no apartamento quando estão em Goiânia. É que durante a semana, a moradora trabalha em…