“Papai, eu não quero morar aqui!”

Por Redação em 6 de outubro de 2014

Quando o calendário aponta a chegada de outubro, as lojas de brinquedos já começam a encher. Com o Dia das Crianças chegando, pais e mães estão à procura do melhor presente. Mas eles não estão sozinhos. Diferentemente do passado, quando os adultos decidiam a compra, eles são acompanhados pelos filhos a serem presenteados. A palavra final, agora, é delas.

Comportamento da atualidade, a opinião da criança passou a ser considerada pelos adultos, repercutindo não apenas na decisão de compra de seus pertences como também nas aquisições da família. Coordenador de vendas da City Incorporadora, o corretor de imóveis Fábio Work já presenciou diversas situações em que famílias mudaram os planos de compra de imóvel por causa da opinião de suas crianças. “A decisão deles importa e muito. Precisamos saber conquistar os pequenos também”, diz.

Ao longo de 12 anos de carreira, ele cita situações vivenciadas em todas as classes sociais. “Um caso em especial me chamou muito a atenção. Certa vez, a vó estava com a neta olhando apartamento popular para comprar. Elas foram em um decorado e a menina ficou alucinada com o quarto, porque era tudo de boneca. Não teve outro jeito, a vó comprou o apartamento e fez o quarto da neta de forma muito semelhante ao decorado.”

Em outro universo, dentro de um condomínio horizontal e alto padrão na cidade, Fábio Work recorda-se de outra situação. Os pais desejavam mudar-se para região mais centralizada. Compraram e decoraram o apartamento. Apesar de os três filhos já estarem cientes, não concordavam. “Em um dia, ao voltar do trabalho, os três filhos estavam sentados no sofá da sala, de banho tomado, engomadinhos. A filha caçulinha levantou e entregou uma carta. E a carta pedia para que eles não mudassem de casa. Não teve jeito! Aliás, o jeito foi colocar o apartamento à venda”, conta.

Limites

Pais que trabalham fora, se ausentam muito de casa e, para compensar, acabam cedendo a todos os desejos dos filhos. A família que diminuiu de tamanho, muitos só tem um filho e este naturalmente passa a ser o centro das atenções.  O grande  acesso à tecnologia, por parte inclusive das crianças, que hoje também são informadas e formam opinião sobre os mais diversos temas.

São variados os fatores que levaram os pais a mudar o estilo de criação dos filhos e se tornarem mais abertos aos seu desejos, explica a  psicóloga e médica especialista em saúde mental, Elissandra Maia. A mudança é positiva, em sua opinião, mas é preciso ter limites.

“Ainda cabe aos pais, que são o adultos, o poder de decisão. Essa capacidade não pode ser totalmente transferida aos filhos”, diz. Ela explica que são os adultos que tem condições de avaliar as reais condições financeiras da família para fazer as aquisições seja de um brinquedo, seja de um imóvel. Também são os adultos que conseguem mensurar questões práticas, como as implicações de se morar em um endereço mais distante ou mais próximo de suas atividades do dia a dia.  “Se o filho vira o ‘reizinho’ da casa, aí começa uma relação de tirania, que não é saudável”, diz.

TAGS

CADASTRE-SE E receba conteúdos exclusivos.

Por favor! Informe o seu nome.
Por favor! Informe o seu e-mail.

Ao prosseguir, você concoda com nossa Política de Privacidade.

URBAN JUNGLE, A TENDÊNCIA QUE VAI DAR MAIS VIDA PARA A SUA DECORAÇÃO

8 de janeiro de 2021

Os projetos de decoração e de construção dos ambientes internos dos lares se tornaram espelho da personalidade dos moradores, não é mesmo? Mais do que isso, o planejamento de um projeto de arquitetura residencial busca não apenas atender às demandas de espaço, mas também, proporcionar ambientes que provoquem sensações de bem-estar para os moradores. A…

KOSUSHI MIAMI: O MELHOR DA CULTURA ANCESTRAL E CONTEMPORÂNEA DO JAPÃO, CRIADA NO BRASIL, ATERRISA EM MIAMI.

8 de abril de 2020

O MELHOR DA CULTURA ANCESTRAL E CONTEMPORÂNEA DO JAPÃO, CRIADA NO BRASIL, ATERRISA EM MIAMI. A colônia de imigrantes e descendentes de japoneses de São Paulo é uma das maiores do mundo. Por isso, opções e experiências não faltam quando o assunto é a comida nipônica, que aos poucos ganhou toques brasileiros para conquistar ainda…

MORADA MÁGICA

2 de abril de 2020

MORADA MÁGICA Para um casal que vive na ponte aérea   O clássico e o contemporâneo mesclam-se neste projeto de Victor Tomé, no City Vogue Praça do Sol, para um casal que gosta de receber a família e os amigos no apartamento quando estão em Goiânia. É que durante a semana, a moradora trabalha em…